VoD_Hero_Module_II

Os diagnósticos na prevenção, rastreio e deteção de doenças

Os cuidados de saúde estão a sofrer uma mudança de paradigma. O objetivo deixa de ser "tratar a doença" - minimização de danos - e passa a ser restaurar a saúde perdida. Este novo modelo, além de ajudar as pessoas já com doença, centra-se na prevenção, colocando a saúde em primeiro lugar. Um modelo de saúde proativo e preventivo é fundamental para ajudar a alcançar sistemas de saúde sustentáveis, aliviando as crescentes pressões ao nível dos recursos.

Os testes de diagnóstico In Vitro (DIV) são críticos nesta mudança para cuidados mais personalizados e preventivos, já que analisam vários tipos de amostras, incluindo sangue, células tecidulares, saliva, urina, entre outras. Através de uma única amostra, os testes de diagnóstico In Vitro acrescentam informação que vai muito além do que a imagiologia diagnóstica e a ultrassonografia podem oferecer. A riqueza de informação que pode ser revelada a partir de uma única amostra de uma pessoa é notável. O poder deste conhecimento pode salvar vidas pois pode contribuir para que as pessoas adotem comportamentos mais saudáveis, mantendo-as fora dos hospitais, ou inclusive a determinar o melhor tratamento e cuidados a realizar perante uma dada situação.

Os testes de diagnóstico são também cruciais na prevenção da propagação de agentes patogénicos infeciosos, tal como salientado pela mais recente pandemia da COVID-19. Sem acesso a testes de diagnóstico, não é possível cumprir objetivos traçados a nível internacional, de que são exemplo uma cobertura de saúde universal, a mitigação da resistência antimicrobiana e uma estratégia adequada para lidar com pandemias1.

Os testes desempenham adicionalmente um papel crítico na garantia da segurança aquando da disponibilização de sangue a nível mundial.Os diagnósticos são fundamentais para a qualidade dos cuidados de saúde 2, seja para assegurar a segurança das dádivas de sangue, como parte integrante de rastreios para prevenir doenças ou como teste genético. Descubra o valor dos diagnósticos na prevenção de doenças, bem como para o posicionamento da Saúde no centro da prestação de cuidados.

“"O processo de diagnóstico é complexo, interativo e colaborativo e tem como objetivo ajustar as possibilidades de diagnóstico, bem como desenvolver uma compreensão mais precisa e completa do problema de saúde de uma pessoa com doença."  
Comissão Lancet sobre diagnósticos: transformar o acesso aos diagnósticos 3.

Referências

  1. https://www.thelancet.com/journals/lancet/article/PIIS0140-6736(21)00673-5/fulltext Consultado 12Oct2021
  2. https://www.thelancet.com/journals/lancet/article/PIIS0140-6736(21)00673-5/fulltext Consultado 12Oct2021
  3. https://www.thelancet.com/journals/lancet/article/PIIS0140-6736(21)00673-5/fulltext Consultado 12Oct2021