Predisposição da Obesidade

Globalmente, parece que os genes contribuem em 25-40% para a obesidade. Os genes da obesidade podem exercer os seus efeitos alterando os gastos energéticos do organismo, o apetite ou a forma como o organismo processa os nutrientes.

Recentemente, certos defeitos genéticos foram associados à obesidade, entre os quais se incluem as mutações no gene da leptina, no recetor da melanocortina-4, na enzima de clivagem da cadeia lateral do colesterol e no PPAR gama, um fator de transcrição.

 

Saiba mais sobre o Excesso de Peso no site da Roche Emagrecer

 

Informação traduzida e adaptada de www.health-kiosk.ch